All for Joomla All for Webmasters

ENTENDA COMO DISTRIBUIDORES DE MEDICAMENTOS FATURARAM R$ 6,6 BILHÕES, ABASTECENDO 65% DO VAREJO

As empresas distribuidoras nacionais comemoraram um crescimento real de 6,7% em 2019, sobre o ano anterior. Os membros da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan), entidade que reúne 141 empresas distribuidoras de medicamentos e produtos de Higiene Pessoal e Cosméticos (HPC), registraram um faturamento total a Pharmacy Purchase Price (PPP – preço pago pela farmácia), de acordo com dados da IQVIA, de R$ 6,6 bilhões versus R$ 5,8 bilhões em 2018.

Esses players distribuíram mais de 1,1 bilhões de unidades, representando quase 20% do mercado total do varejo farmacêutico. Em relação aos empreendimentos farmacêuticos, a Abradilan cobre cerca de 65% do total, mostrando a pujança e a importância desse canal para o abastecimento do varejo farmacêutico.

O presidente da entidade, Vinícius Andrade (foto), está muito otimista com a performance das empresas distribuidoras, o que demonstra o crescimento de toda a cadeia farmacêutica, sendo o elo de ligação entre a indústria e as farmácias.

Andrade falou, com exclusividade, ao jornalismo o ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico sobre a inovação, quando ressaltou o papel importante do Governo no incentivo à inovação, que fica prejudicado por barreiras burocráticas e que impedem o desenvolvimento de projetos relevantes do setor farmacêutico. “Estamos tentando sair na frente com projetos de Analytics, Inteligência Artificial (IA) e tentando evoluir sempre na conectividade dos nossos negócios”, ressaltou.

Além disso, ele comentou sobre os projetos de lei que atrapalham o varejo (como a venda de medicamentos em supermercados), com a ciência de que eles não causariam impacto na distribuição. Embora ele não tenha se posicionado sobre o fato, é fácil entender que os distribuidores poderão se beneficiar com a aprovação desse PL, pois teriam um novo canal para a comercialização de seus produtos.

Entre outros temas, Andrade contou sobre as expectativas da Abradilan Conexão Farma 2020, um evento realizado em São Paulo (SP) que deverá reunir 12 mil visitantes entre 17 e 19 de março de 2020. Acompanhe sua entrevista.

ICTQ - Como o senhor vê os impactos da atual política de inovação governamental para o setor farmacêutico? O que isso representa para o varejo nacional?

Vinícius Andrade - Acredito que o Governo tem um papel importante de incentivo à inovação no Brasil, porém, devido às prioridades e às burocracias não vem desenvolvendo projetos tão relevantes, principalmente quando se fala do setor farmacêutico. Na prática, a maioria das iniciativas de inovação do mercado é bancada por empresas privadas.

ICTQ – O MCTIC, em conjunto com o Ministério da Saúde, lançou a Câmara de Saúde 4.0. A área da saúde é um dos quatro temas prioritários identificados no Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT), do MCTIC. O senhor acredita que o programa irá beneficiar o segmento farmacêutico?

Vinícius Andrade - Este é um programa amplo para a saúde do Brasil, e possui iniciativas importantes, principalmente, voltadas para a prevenção e vigilância de doenças graves. Além disso, a criação de uma base de dados única, com informações de cada paciente, pode trazer grandes ganhos para o custo da saúde brasileira. Como o segmento farmacêutico está inserido neste contexto amplo de saúde, também poderá ser beneficiado com este programa.

ICTQ - Quais são as principais tendências tecnológicas a serem incorporadas ao varejo farmacêutico nacional em breve?

Vinícius Andrade - A utilização de dados será cada dia mais importante nas tomadas de decisões do varejo farmacêutico. Além disso, todas as formas de tecnologia que chegarem, no sentido de agregar serviços e diferenciais aos varejistas, deverão ser cada dia mais relevantes no negócio farmacêutico.

Muitas empresas varejistas já vêm investindo em startups e inovação na área de saúde, visando sair na frente dos concorrentes no mercado farmacêutico.

ICTQ - O senhor acredita que o mercado de dispositivos vestíveis, embutíveis e, mais recentemente, os ingeríveis serão uma realidade acessível que irá chegar ao varejo mundial? E no Brasil?

Vinícius Andrade - Os dispositivos vestíveis já são uma realidade importante no mercado e vem auxiliando muito no sentido de conectividade e monitoramento de informações da população. Acredito que, como a tendência é que tenhamos sempre mais conexão entre dispositivos, isso será a cada dia mais relevante, tanto no Brasil como no mundo. A migração para dispositivos embutíveis e ingeríveis deve evoluir em longo prazo.

ICTQ - Qual é a penetração da Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial (IA) e conectividade nos negócios dos associados à Abradilan?

Vinícius Andrade - Este é um tema que estamos tratando com bastante foco na Abradilan, devido à sua importância no futuro próximo. Temos discutido muito em nossos eventos sobre como incentivar as nossas empresas a inovar. Inclusive temos feito viagens técnicas (em 2019 fomos ao Vale do Silício) procurando abrir nossas cabeças para esta nova forma de pensar.

Porém, em geral, quando analisamos os avanços de inovação nas empresas de atacado de todos os ramos brasileiros, vemos poucas iniciativas relevantes. Estamos tentando sair na frente com projetos de Analytics, Inteligência Artificial (IA) e tentando evoluir sempre na conectividade dos nossos negócios. Este é um desafio importante para o futuro.

ICTQ - Como o senhor avalia a performance dos associados ao longo dos último cinco anos?

Vinícius Andrade - Em 2019, os membros da Abradilan, entidade que reúne 141 empresas distribuidoras de medicamentos e produtos de Higiene Pessoal e Cosméticos (HPC), tiveram um faturamento total registrado a Pharmacy Purchase Price (PPP – preço pago pela farmácia), de acordo com dados da IQVIA, de R$ 6,6 bilhões versus R$ 5,8 bilhões em 2018, o que totalizou um crescimento real de 6,7% em 2019. É importante ressaltar que seus associados distribuíram mais de 1,1 bilhões de unidades, representando quase 20% do mercado total do varejo farmacêutico.

Cerca de 65% do negócio do varejo farmacêutico é atendido pelo canal de distribuição, o que reforça o papel e a importância dos distribuidores no abastecimento do varejo farmacêutico. Sendo assim, a Abradilan está presente em todos os Estados brasileiros, com uma cobertura de mais de 85% em todas as categorias de produtos das farmácias e drogarias. Se forem consideradas apenas as categorias de 1-7 (definição da IQVIA para determinar tamanhos de lojas), esse índice sobre para 95% de cobertura.

Os resultados alcançados foram muito relevantes, expondo números bastante positivos. A Abradilan está presente em 95% dos municípios brasileiros e vem crescendo acima do mercado farmacêutico, mesmo quando a população e o País ainda se recuperam da crise.

ICTQ - Quais serão as principais conquistas do setor para os próximos anos?

Vinícius Andrade - Para 2020 pretendemos potencializar, cada vez mais, a distribuição regional, que aquece o mercado e fortalece os associados. Apesar da crise da economia brasileira, o mercado farmacêutico, continua crescendo ano após ano. Isso deverá se intensificar com a retomada da economia e trará crescimentos mais fortes para o mercado.

ICTQ - Nós últimos dois anos, o varejo farmacêutico vem convivendo com as investidas de deputados e senadores que tentam aprovar leis que permitam a venda de MIPs em supermercados. A mais recente batalha do setor está sendo contra o PL 5455/19, de autoria do Senador Sérgio Petecão (PSD/AC). Caso esse PL seja aprovado, como o fato impactaria os negócios dos associados à Abradilan?

Vinícius Andrade - Esta é uma discussão antiga e que vai e volta à tona frequentemente. Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs), apesar de não precisarem de receitas médicas para serem comercializados, são medicamentos e devem ser vendidos exclusivamente em farmácias e drogarias. Os impactos de uma decisão como esta é maior no varejo que na distribuição.

ICTQ - Quais são suas expectativas com relação ao Conexão Farma 2020?

Vinícius Andrade - A expectativa para o Abradilan Conexão Farma 2020 é alcançar cerca de 12 mil visitantes nos três dias de evento. Esperamos levar muito mais conteúdo direcionado, como finanças, investimentos e empreendedorismo. Entre as palestras confirmadas, está a do idealizador e sócio proprietário do projeto ‘O Primo Rico’, de Thiago Nigro. O tema dele é: Do Mil ao Milhão – Sem Cortar o Cafezinho.

Outra palestra de peso, e muito esperada, é a do fundador e CEO da marca de roupas carioca Reserva, Rony Meisler. Ele ministrará a palestra Rebeldes Tem Asas: Empreendedorismo, Liderança, Inovação, E-Commerce e Varejo. Para encerrar o ciclo de palestras da Arena Conexão, o mineiro erradicado no Rio de Janeiro, Rick Chester, ministrará a palestra Pega a visão!.

Haverá ainda muitas novidades com a ‘Farmácia Inteligente’ e a ‘Farmácia dos Sonhos’, a inovação em treinamento com o ‘Abradilan Learning’, sem falar nas mais de 30 horas de conteúdos com as palestras que acontecerão simultaneamente em arenas, em ambiente aberto, com a utilização de fones de ouvido, como foram nos últimos eventos da Abradilan e que agradaram ao público.

É importante lembrar que a feira está com 100% do espaço vendido e 15% são novos expositores, que atuam nas áreas de Higiene & Beleza (H&B), nutrição e serviços, já que a expectativa é ampliar a lista de expositores para todos os fornecedores de produtos comercializados nas farmácias, bem como poder melhorar a oferta de conteúdos relevantes sobre o mercado dos participantes. O foco do evento é aumentar a diversificação de portfólio nos varejos independentes. Esperamos que seja um dos maiores eventos já tidos da associação.

Por ocorrer sempre antes da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) anunciar o reajuste anual dos medicamentos, o evento também se torna uma oportunidade aos players do canal farma realizarem grandes negociações. As principais indústrias apresentarão seus produtos com condições especiais, além de demonstrar lançamentos e muita capacitação para os profissionais do setor. O Abradilan Conexão Farma consegue reunir todos os elos da indústria farmacêutica, trazendo relacionamento e bons negócios.

Matéria publicada no portal do ICTQ 

Deixe seu comentário

Assine nossa newsletter
Enviaremos a você as melhores notícias de negócios e análises informadas sobre o que é mais importante para você.
Falar Agora
Precisa de Ajuda ?
Olá, como podemos te ajudar ?