#

20 jun: LUIZ DONADUZZI, O FARMACÊUTICO GERADOR DE IDEIAS E RIQUEZAS

Alguns – considerados sensatos e prudentes – diriam que a melhor coisa para um farmacêutico é ter sua própria farmácia e estar confortável, atuando como farmacêutico ao lado de sua esposa, também adepta da mesma profissão…que vida boa…Sim, para alguns!

Para outros – com bem menos sensatez e bem mais ousadia – a melhor opção foi escolher algo totalmente diferente! Estamos falando de Luiz Donaduzzi, que vendeu sua farmácia próspera no interior do Paraná e largou sua vida tranquila para fazer mestrado e doutorado na França, juntamente com sua esposa! Resultado? Seu arrojo e coragem o levaram, algumas décadas depois, a se tornar um dos mais respeitados líderes farmacêuticos do Brasil, dono de uma das maiores indústrias nacionais – a Prati-Donaduzzi.

#

12 jun: A FARMÁCIA E A PROFISSÃO FARMACÊUTICA NO REINO UNIDO

Há cerca de 40 mil farmacêuticos em todo o Reino Unido. Na Inglaterra, a farmácia e o farmacêutico realizam basicamente duas funções na distribuição de medicamentos: uma sanitária e outra comercial. Em termos de serviços, os farmacêuticos desses países fazem o controle da pressão, glicemia, exame de sangue, teste de gripe, tratamento do tabagismo e dispensam medicamentos.

#

02 jun: FARMÁCIA PET – ESSE MERCADO É O BICHO!

O segmento PET veterinário (medicamentos veterinários) corresponde a 7,8% do faturamento total do mercado brasileiro. Segundo o IBGE, o Brasil tem mais de 132 milhões de animais de estimação, distribuídos entre cães (52 milhões), aves (38 milhões), felinos (22 milhões) e peixes (18 milhões), entre outros.

#

01 jun: MAPEAMENTO TÉRMICO NA ARMAZENAGEM DE MEDICAMENTOS

O objetivo e relevância do mapeamento térmico aliado às Boas Práticas de Armazenagem e Good Manufactoring Practices (GDP) internacionais é comprovar com registros de temperatura a homogeneidade e a estabilidade térmica do ambiente e, com base nos registros, identificar os pontos mais críticos, mais quentes e mais frios, para a tomada de decisão com relação aos pontos a serem monitorados na rotina, e sendo um facilitador na adequação de estrutura.

#

30 maio: M&D contrata CEO e cresce 30% em plena crise! Acredite, isso é para poucos!

Uns reclamam de retração na carteira de clientes…outros da queda de faturamento em épocas de crise…Já a M&D Consultoria prevê crescimento de 30% em 2017! Talvez você esteja se perguntando como isso é possível. O fato é que a M&D vem crescendo 20% ao ano ao longo de seus nove anos de atuação. Por conta disso, decidiu contratar um CEO, Alison Leticio, que integrou a equipe em março deste ano…

#

16 abr: Atenção farmacêutica junto aos pacientes oncológicos

Na oncologia, a integração de uma equipe com funcionamento harmônico, com amplos e efetivos canais de comunicação, torna os tratamentos mais efetivos, mais seguros e mais bem tolerados pelos pacientes. Por isso, há os que defendem que a oncologia é, atualmente, uma atividade estritamente multiprofissional. Será mesmo que já passou a época em que o médico só prescrevia, o farmacêutico só manipulava e o enfermeiro só administrava os medicamentos? Será que essa atuação multidisciplinar existe na prática ou está apenas limitada ao discurso politicamente correto?

#

16 abr: 12 diferenças entre um gerente farmacêutico na indústria e um gerente farmacêutico no varejo

O farmacêutico vive o melhor momento de consolidação profissional das últimas décadas. Ao mesmo tempo em que inúmeras responsabilidades são atribuídas por força de legislações, essas regulamentações criam oportunidades aos profissionais nos mais diversos segmentos farmacêuticos. Assim, se ele souber observar as oportunidades existentes e se capacitar com o objetivo de se diferenciar, será, com toda certeza, mais valorizado e disputado nesse mercado em franca expansão.

#

16 abr: 10 passos para dispensação de antibióticos em farmácias

A desinformação da população brasileira sobre o uso racional de antibióticos é preocupante e, em alguns casos, chega a ser considerada até motivo de piadas! Um exemplo disso foi a viralização, nas redes sociais, do depoimento de uma jovem, em um talkshow da Rede TV em 2016, afirmando que havia engravidado de um antibiótico. Claro que houve uma abordagem sensacionalista sobre o tema, mas o fato é que alguns antibióticos diminuem ou anulam o efeito dos anticoncepcionais orais. O pior é que, no programa, em momento algum isso foi mencionado ou lembrado.