All for Joomla All for Webmasters

A Takeda Pharmaceutical adquiriu a totalidade do capital social ordinário da Shire. Os termos da aquisição foram anunciados ontem (08/05/18) e, de acordo com eles, cada acionista da Shire terá direito a receber US$ 30,33 (R$ 108,98) em dinheiro por cada ação daquela empresa, e 0,839 em novas ações da Takeda, ou 1,678 em ações depositárias americanas (ADS) da Takeda. Embora a negociação tenha sido aprovada pelos conselhos de administração de ambas as companhias, a transação deve ser concluída no primeiro semestre de 2019. Após a efetivação desta transação, os acionistas da Takeda vão possuir aproximadamente 50% do grupo combinado.

Com posições de liderança no mercado em áreas terapêuticas prioritárias, um posicionamento geográfico importante, maior escala e eficiência e um segmento de pesquisa e desenvolvimento (P&D) produtivo, o grupo combinado estará mais bem posicionado para fornecer medicamentos altamente inovadores.

“Desde sua criação, a Takeda se moldou em uma empresa farmacêutica global ágil e orientada para a pesquisa e o desenvolvimento que está bem posicionada para oferecer atendimento inovador e transformador a pacientes do mundo inteiro”, disse o presidente e diretor executivo da Takeda, Christophe Weber. Ele continua: “O portfólio de projetos e de produtos altamente complementares da Shire, bem como seus funcionários experientes, vão acelerar nossa transformação para uma Takeda mais forte. Juntos, seremos líderes no fornecimento de tratamentos específicos nas áreas de gastroenterologia, neurociência, oncologia, doenças raras e terapias derivadas do plasma. Estamos ansiosos para obter os benefícios que esta fusão irá trazer para os pacientes em nível global, assim como as oportunidades que serão apresentadas aos nossos funcionários e os retornos proporcionados aos nossos acionistas”

Já a presidente da Shire, Susan Kilsby, afirma: “Nos últimos 30 anos, a Shire se tornou líder mundial no tratamento de doenças raras, fornecendo produtos inovadores que transformam a vida dos pacientes. Com essa fusão, a Shire ajuda a criar uma empresa biofarmacêutica ainda mais sólida, com um portfólio de projetos de P&D robusto e amplia presença global. Estamos orgulhosos do que a Shire se tornou e somos gratos a todos os funcionários por suas contribuições. Acreditamos firmemente que essa fusão reconhece o forte potencial de crescimento de nossos principais produtos e linhas inovadoras e é do interesse de nossos acionistas, pacientes e das comunidades que servimos”.

O diretor executivo da Shire, Flemming Ornskov, afirmou: “Gostaria de agradecer a toda a equipe da Shire por tudo o que realizamos nos últimos cinco anos para transformá-la em uma empresa líder em biotecnologia de doenças raras e uma defensora tenaz dos pacientes necessitados. Estou confiante de que este enfoque vai nos permitir continuar cumprindo nossas prioridades ao longo deste processo. Com um portfólio de projetos e de produtos realmente inovador, acredito que a combinação das duas empresas beneficia os acionistas e dá oportunidade de melhorar a vida de ainda mais pacientes no mundo todo com condições raras e altamente especializadas”.

Fundamentação estratégica e financeira 

A aquisição da Shire vai acelerar a transformação da Takeda, reunindo as posições complementares de Takeda e Shire em gastroenterologia e neurociência. Também vai proporcionar ao grupo combinado posições de liderança em doenças raras e terapias derivadas do plasma para complementar a força em oncologia e concentrar esforços nas vacinas. A Takeda vai continuar se concentrando na aceleração de seu negócio de oncologia após sua recente aquisição da ARIAD Pharmaceuticals. Além disso, o negócio de vacinas da Takeda vai continuar atendendo às necessidades de saúde pública mais urgentes do mundo.

A aquisição vai se basear na vasta cultura japonesa baseada em valores e no legado da Takeda para criar um líder biofarmacêutico global, impulsionado por P&D inovador e de classe mundial. O grupo combinado terá uma pegada geográfica atrativa, com exposição significativamente aumentada nos Estados Unidos – um mercado importante e crescente. Além disso, o portfólio da Shire vai se beneficiar da forte presença internacional da Takeda nos mercados emergentes e no Japão.

A sede da empresa integrada vai continuar no Japão, mas irá expandir sua presença em P&D na área de Boston, nos Estados Unidos, e, além deste país, também terá importantes locais regionais no Japão, Singapura e Suíça. Assim, o grupo combinado terá posições de liderança em dois dos maiores mercados mundiais de medicamentos: Estados Unidos e Japão. A previsão é de que, com a aquisição, a Takeda seja a única empresa farmacêutica listada tanto na Bolsa de Valores de Tóquio, onde vai continuar tendo sua listagem principal, quanto na Bolsa de Valores de Nova York, o que faz com que ela tenha acesso a dois dos maiores mercados de capitais do mundo.

Portfólio de projetos complementares

A Takeda e a Shire possuem portfólios de projetos altamente complementares. A Shire tem uma grande experiência em doenças raras, um portfólio de projetos de estágio intermediário e final enriquecido com programas de moléculas grandes, bem como tecnologias de ponta em terapia genética e proteínas recombinantes. Combinar isso com o programa de pesquisa e desenvolvimento precoce da Takeda vai resultar em um portfólio de projetos  robusto, diversificado em termos de modalidade e com um mecanismo de P&D focado na inovação. O grupo  vai se basear em parcerias existentes, incluindo mais de 180 parcerias ativas da Takeda com instituições acadêmicas, empresas de biotecnologia e startups, para enriquecer ainda mais seu portfólio de projetos.

Retornos atrativos para os acionistas

A aquisição da Shire vai proporcionar benefícios financeiros convincentes para o grupo. Isso vai aumentar significativamente o lucro por ação subjacente a partir do primeiro ano fiscal completo após a conclusão da aquisição e vai gerar fortes fluxos combinados de caixa. A transação também deve proporcionar retornos atraentes para os acionistas; a expectativa é de que o retorno sobre o capital investido (ROIC) supere o custo de capital da Takeda dentro do primeiro ano fiscal completo após a conclusão da aquisição. A geração substancial de fluxo de caixa esperada a partir da aquisição vai permitir que o grupo desacelere rapidamente após a conclusão da aquisição. A Takeda pretende manter seu rating de crédito com grau de investimento, com uma meta de endividamento líquido sobre EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 2x ou menos a médio prazo.

A Takeda confia que a aquisição crie uma oportunidade para reconhecer importantes sinergias recorrentes de custos, com potencial para sinergias de receitas adicionais a partir da fusão da infraestrutura combinada, presença no mercado e capacidades de desenvolvimento. A Takeda espera que as sinergias recorrentes de custos antes dos impostos para o grupo combinado alcancem uma taxa de execução de pelo menos US$ 1,4 bilhão por ano até o final do terceiro ano fiscal após a conclusão da aquisição.

A aquisição vai acelerar a transformação estratégica da Takeda em direção à Vision 2025 e os fortes fluxos de caixa combinados vão permitir investimentos contínuos em P&D. A política de dividendos bem estabelecida da Takeda vai continuar sendo um componente fundamental para os rendimentos futuros de acionistas.

 

 

Financiamento

A Takeda assinou um contrato de financiamento de US$ 30,85 bilhões (R$ 110,85 bilhões)com o J.P. Morgan Chase Bank N.A., Sumitomo Mitsui Banking Corporation e MUFG Bank, Ltd., entre outros. Parte dos recursos será usada para financiar a contrapartida em dinheiro a ser paga aos acionistas da Shire vinculados à aquisição. Atualmente, está contemplado que, antes da conclusão, os compromissos sob o acordo de financiamento serão reduzidos ou refinanciados com uma combinação de dívida de longo prazo, capital híbrido e recursos de caixa disponíveis.

 

 

Sobre a Takeda no Brasil

Sediada em Osaka, Japão, a Takeda é uma companhia farmacêutica global que investe em pesquisa e inovação com presença em mais de 70 países. No Brasil, a companhia conta com a participação de cerca de dois mil colaboradores distribuídos no escritório na cidade de São Paulo (SP), nas fábricas localizadas em Jaguariúna (SP) e São Jerônimo (RS) e nas equipes de força de vendas pelo País.

A Takeda Brasil conta com medicamentos focados nas áreas terapêuticas de oncologia, gastroenterologia e vacinas. Além disso, possuí um portfólio de produtos OTC líderes no mercado, como Neosaldina, Eparema e Nebacetin.
Leia mais sobre a empresa em http://www.vitaeeditora.com.br/takeda-e-reconhecida-como-a-farmaceutica-mais-amada-do-brasil.

 

 

 

Deixe seu comentário