All for Joomla All for Webmasters

POR EGLE LEONARDI

 

Há um provérbio muito conhecido, que diz: À mulher de César não basta ser honesta, deve parecer honesta! Um farmacêutico que deseja ter sucesso profissional precisa utilizar estratégias de marketing pessoal para projetar-se como competente e comprometido. O marketing pessoal tornou-se uma ferramenta essencial no processo de se conduzir, com sucesso, uma marca pessoal. Na dose certa e de forma planejada, é possível criar e desenvolver uma imagem coerente com a área farmacêutica de atuação e, com isso, conquistar melhores salários e lucros!  Os especialistas na área deram entrevista exclusiva para a Vitae Editora.

Anote: Imagem Pessoal + Competência Profissional = $ucesso!!

O farmacêutico, consultor e professor de Pós-Graduação do ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, Leonardo Doro Pires, é autor do livro O Farmacêutico Gestor – Gestão Estratégica para Farmacêuticos. Ele defende que conferir a devida atenção ao marketing pessoal pode assegurar bases fortes para a elaboração de qualquer projeto durante a vida profissional de um farmacêutico. “A partir do momento que se instaura uma credibilidade em relação a uma pessoa, isso passa a ser projetado em tudo que ela vier a produzir. As principais vantagens de um marketing pessoal bem realizado estão ligadas à transmissão de confiabilidade e competência profissional”, afirma ele.

Qual é a vantagem de o farmacêutico ser admirado no seu meio? Segundo o dicionário Aurélio, admiração é a disposição emocional que traduz respeito, consideração, veneração. Quando trazemos este conceito para o profissional farmacêutico, as vantagens de ser respeitado e venerado são claras. Um profissional respeitado é muito mais procurado por seus serviços, podendo traduzir essa procura em sucesso e status profissional, caso ele corresponda às expectativas de seus clientes.

“Não tenho dúvidas de que o marketing pessoal reverte em lucro para o farmacêutico! Um programa bem realizado leva o profissional para os holofotes da profissão, seja perante os clientes ou demais colegas”, dispara Pires. No varejo, a consequência da admiração gerada por um marketing pessoal bem realizado é a conquista de mais clientes e, consequentemente, maior capacidade de gerar lucro. Já na indústria, o marketing pessoal abre caminho para ascensão na carreira, sendo, juntamente com o desempenho profissional, responsável por promoções e aumentos salariais.

Para a consultora da indústria, varejo e franquias e autora dos livros Atender Bem dá Lucro, Administração de Recursos Humanos em Farmácia e Programa Prático de Marketing em Farmácias, Silvia Osso, imagem profissional é um conjunto agradável de detalhes que facilitam o entrosamento com o público. Vários aspectos compõem essa imagem: aparência, personalidade, entusiasmo e otimismo, autoconfiança, empatia, críticas e liderança.

“Tanto faz no varejo ou na indústria, ao atuar como farmacêutico, ele é um líder, porque conduz a entrevista e orienta o cliente na escolha do produto, fornece informações, tem argumentos respeitados. Se o que os clientes mais querem são informações sobre os produtos, o farmacêutico é a pessoa mais indicada para fornecê-las”, defende Silvia.

 

Acompanhe as 10 formas de construir seu marketing pessoal e ganhar mais dinheiro com isso. As informações são dos especialistas Leonardo Doro Pires e de Silvia Osso.

1 – CONSTRUA SUA IMAGEM PESSOAL NO VAREJO

Se você trabalha no varejo, o primeiro passo é definir exatamente qual imagem projetar. Há dois públicos-alvo para projeção da sua imagem: os clientes e os funcionários. Perante os clientes o farmacêutico deve se projetar como profissional de saúde, competente e seguro de suas capacidades. Já para os funcionários ele deve se projetar como líder e profissional de referência em sua área de atuação.

Uma boa opção para isso é o farmacêutico oferecer atendimento clínico, também como uma maneira de se projetar como profissional de saúde. Já para o público interno, a realização de reuniões semanais com a equipe é uma forma de promover a liderança.

2 – CONSTRUA SUA IMAGEM PESSOAL NA INDÚSTRIA

Se você trabalha na indústria, o primeiro passo é definir exatamente qual imagem projetar para esse meio. Na indústria, o farmacêutico deve se apresentar como profissional técnico e gestor, simultaneamente, demonstrando capacidade de entender o business da sua área de atuação e as especificidades tecnológicas da indústria. Para isso, deve demonstrar conhecimento dos impactos de suas ações e decisões em outros setores da empresa.

3 – IMPACTE O PÚBLICO CORRETO NO VAREJO

Para o farmacêutico poder se vender ao mercado (projetar sua imagem), é necessário saber para quem ele quer ser relevante no varejo. Pense sempre nos clientes, cuja imagem deve estar relacionada ao profissional de saúde. No caso dos funcionários, ela deve estar relacionada à liderança.

4 – IMPACTE O PÚBLICO CORRETO NA INDÚSTRIA

Para o farmacêutico poder se vender ao mercado (projetar sua imagem), é necessário saber para quem ele quer ser relevante no ambiente industrial. Vale lembrar que, nesse ambiente, o profissional farmacêutico possui três públicos-alvo para projeção da sua imagem: seus superiores, seus subordinados e os profissionais de outros setores.

Perante seus superiores ele deve se posicionar como profissional comprometido, capaz de entregar resultados e capacitado para a função.

Para seus subordinados ele deve ser um líder, capaz de conduzir a todos nos desafios do dia a dia industrial.

Já para os colaboradores de outro setor a imagem de profissional sério, influente e realizador deve ser passada de forma clara e contundente.

5 – USE AS FERRAMENTAS ADEQUADAS PARA O VAREJO

Para o farmacêutico projetar a imagem que construiu para seu público, ele precisa de ferramentas de marketing. No varejo, as ferramentas off-line são o vestuário, o comportamento e a linguagem. Como ferramentas on-line, a utilização profissional do facebook, instagram e e-mail marketing enviado para os clientes funcionam muito bem.

Vale lembrar que é muito útil utilizar o facebook para criar uma página profissional, em que o farmacêutico pode divulgar os serviços clínicos oferecidos na farmácia e dar dicas de saúde e bem-estar. O marketing de conteúdo projeta imagem de conhecimento e reverte em relevância para sua imagem pessoal.

6 – USE AS FERRAMENTAS MAIS ASSERTIVAS NA INDÚSTRIA

Para o farmacêutico projetar a imagem que construiu para seu público no meio industrial, ele precisa de ferramentas de marketing.

Na indústria, o vestuário, a linguagem e o comportamento também são fundamentais. No que tange às ferramentas online, os destaques são os grupos de whatsapp, linkedin, facebook e e-mail corporativo. Poste, com frequência, artigos com temas inéditos e relevantes para sua área. Mostre conhecimento e seja lembrado. No entanto, é fundamental se limitar a discutir apenas assuntos profissionais nesses locais.

7 – CUIDE DE SUA APARÊNCIA

O tipo de roupa importa. No varejo, prefira roupa branca ou jaleco diferenciado dos demais funcionários, com identificação de farmacêutico. Na indústria use uniforme ou camisa social e gravata, quando o cargo exigir.

É preciso investir na aparência, ter cabelos bem cortados e penteados. As mulheres podem usar cabelos longos, mas nunca soltos e caídos pelo rosto.

O rosto deve receber atenção especial. Os homens precisam de barbas feitas ou aparadas. Mulheres devem usar maquiagem leve, no máximo, batom e um realce nos olhos.

Mãos devem estar bem cuidadas e limpas e unhas bem-feitas demonstram seriedade para com o trabalho que faz. Higiene diária, como banho, uso de desodorante, higiene bucal e um leve toque de perfume são sinais básicos de cuidado. Se vc trabalha no varejo, evite perfumes que possam impactar seus clientes.

As mulheres devem observar com atenção o uso de bijuterias, adereços, fivelas, que são permitidos, mas com discrição. Sapatos adequados e bem limpos também são necessários. Evite o uso de calçados abertos, como sandálias ou chinelos.

8 – AJUSTE OS TRAÇOS DA PERSONALIDADE

Seja amistoso, sem ser íntimo demais. Transmita tranquilidade e segurança. Trate os outros com cortesia. Ser bom ouvinte e agir com sinceridade são qualidades de uma personalidade agradável, independentemente se o profissional atuar no varejo ou na indústria.

As melhores armas de venda não custam absolutamente nada. Dê prioridade ao vínculo humano, antes de se dedicar ao vínculo comercial e profissional.

Em termos de linguagem, no varejo prefira a que mescle o técnico e o coloquial, em que os termos relacionados à área de saúde estejam corretamente colocados para o paciente, mas posteriormente traduzidos para a realidade dele. Para isso, por exemplo, você pode explicar a relação entre seus hábitos alimentares e o controle de sua hipertensão, de acordo com o seu grau de compreensão.

Na indústria, prefira a linguagem técnica e de negócios. Utilize os termos técnicos corretos, inclusive aqueles ligados à língua inglesa.

9 – NO DIA A DIA, MOSTRE ENTUSIASMO E OTIMISMO

Nada substitui um contato pessoal e caloroso. Quanto mais otimista e entusiasmado o profissional for, melhor para sua imagem e para o cliente. Todos saem lucrando!

Olhe-se no espelho e avalie sua expressão facial. Evite expressões de indiferença e tristeza. Sorria quando estiver falando, pois isso faz com que o cliente ou o parceiro de negócio se sinta especial.

Demonstrar entusiasmo em colaborar é um forte aliado profissional. Todos gostam de fazer negócios com players otimistas.

Mostre autoconfiança. As boas oportunidades aparecem mais para os que confiam em si.

Pratique a empatia. Acredite, o atendimento é formado de empatia e atenção. Conhecer o cliente é tão importante quanto conhecer o produto.

Saiba ouvir crítica para se melhorar. Ideias diferentes representam uma oportunidade de aprender algo novo. Em vez de se chatear com opiniões ou pontos de vista diferentes, valorize-os, para o seu próprio crescimento profissional.

10 – EXPONHA SEU CONHECIMENTO

Lembre-se de que Imagem + Competência = $ucesso!

Para se conseguir competência é preciso ter conhecimento. O farmacêutico que tiver conhecimento terá a força e o poder em suas mãos. A força da informação, se bem usada, dá condições de direcionar a conversa e despertar a confiança em sua competência.

O cliente sempre espera que você, farmacêutico, esteja apto a responder perguntas, sanar dúvidas e resolver problemas com facilidade. É seu dever saber tudo o que puder sobre seu trabalho, os produtos que vende e os serviços que a indústria oferece.

Conhecendo mais sobre o produto ou serviço, é mais fácil demonstrar o benefício – o que lhe fará bem. Avalie realmente o que você sabe; se possuir grande parte desses conhecimentos, você está no caminho certo para ganhar dinheiro!

Mostre confiança. É importante demonstrar ao cliente ou ao parceiro de negócio que você realmente confia no que vende ou fala, e que você é confiável. Saiba que as pessoas precisam acreditar nas outras para fazer negócios.

Demonstre que é seguro negociar com você. Clientes satisfeitos e que confiam no profissional geram referências de valor incalculável. São eles que o indicam para os outros clientes, e assim você é quem sai lucrando.

Tenha foco na organização. Mantenha a ordem, a limpeza e a organização em seu local de trabalho, seja na farmácia ou na indústria. Isso tem tudo a ver com o seu marketing pessoal. Cuide sempre dos detalhes, eles podem demonstrar o seu profissionalismo. Faça a organização agir em seu favor, facilitando a vida do cliente.

No varejo, mantenha seu espaço limpo, claro e organizado. Deve-se ter uma sala em separado para atendimento farmacêutico, de preferência um consultório. Na indústria, é possível manter organizada sua estação de trabalho no modelo 5S, com mesa sem relatórios acumulados ou pendentes, entre outros detalhes.

 

IMAGEM PESSOAL + COMPETÊNCIA PROFISSIONAL = $UCESSO!

 

Deixe seu comentário